• Ana Luiza de Figueiredo Souza

Acessibilidade em eventos on-line e presenciais

Atualizado: 16 de jan.

Semana 05/10/2021.


Temas: Trabalho de cuidado. Eventos. Organização de eventos. Maternidade. Mulheres que cuidam. Congressos. Pandemia de COVID-19.

Houve problemas técnicos no armazenamento de alguns dos stories por parte da plataforma, Instagram, o que gerou perda de fragmentos da conversa. Reproduzo aqui as falas perdidas:

[após fragmento sobre eventos online serem alívio financeiro, público saudoso dos encontros presenciais e a sugestão de misturar as vantagens de cada modelo]

Nesse ponto vocês devem estar se perguntando: e as mães, como ficam nesse cenário de congressos on-line? Cada caso é um caso, e tem muitos elementos para essa resposta. Mas, geralmente, quando tem um evento presencial, seja um congresso ou qualquer outro, que não tenha estrutura para receber crianças, essa mãe combina com antecedência com uma pessoa da família dela, o pai da criança, alguém em quem confie e pergunta: "Olha, você pode ficar com o/a Fulaninho/a durante uns cinco dias [geralmente é menos do que isso] enquanto vou estar nesse evento?". Se a pessoa tiver como fazer esse arranjo, a mãe vai para lá. Aí temos um ponto importante. Ela está lá e não é responsável pela criança ali no congresso. A criança está segura com alguém da confiança da mãe. Claro que bate saudade, bate preocupação, a gente sabe que mães podem estar distantes dos filhos, mas as cobranças acompanham. Só que a criança não está ali.

[vídeo continua com o fragmento sobre mães já terem comentado que esses eventos eram uma espécie de férias do convívio intensivo com os filhos crianças]


Para citar:


FIGUEIREDO SOUZA, Ana Luiza de. Acessibilidade em eventos on-line e presenciais. Nota de rodapé, 30 dez. 2021. Disponível em: https://www.analuizadefigueiredosouza.com.br/post/acessibilidade-em-eventos-on-line-e-presenciais.

35 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo