• Ana Luiza de Figueiredo Souza

Como resolver xabus do Lattes

Atualizado: 6 de abr. de 2021

Criado em 1999, o currículo Lattes surgiu para registrar as produções acadêmicas de estudantes e pesquisadores. Funciona como meio de reunir, no mesmo espaço, a trajetória profissional dos cientistas (ou aspirantes a cientistas) brasileiros.


Apesar do amplo uso, muitas pessoas têm dificuldade ao cadastrarem seus trabalhos na plataforma. Perguntas relacionadas ao Lattes fazem parte da minha rotina de consultora acadêmica. Com base nelas — e para tornar essa experiência menos complicada —, compartilho aqui algumas maneiras de contornar xabus recorrentes na plataforma.



Antes de qualquer coisa


Não deixe os cadastros se acumularem. Quanto mais itens você tiver que informar de uma vez, mais cansativo o processo e maiores as chances de cometer erros ou até de esquecer alguma produção.


O ideal é fazer o registro assim que for possível. Recebeu o aceite para publicação de um artigo? No mesmo dia, já pode informar esse aceite na seção “Artigos aceitos para publicação”. Recebeu certificado de participação em um congresso? Salve o documento e registre que participou do congresso na seção “Participação em eventos, congressos, exposições e feiras”. Assim por diante.



Use e abuse da barra de busca


Essa é uma ferramenta bem prática, que muita gente não sabe que existe. Está localizada na lateral da página de edição do seu currículo Lattes, conforme a imagem abaixo.





Você pode se guiar pelas sugestões listadas pela própria plataforma, embaixo da barra de busca. É só digitar o termo referente à seção que você procura. Com isso, ele já vai aparecer nos resultados. Depois, basta clicar nele para abrir a aba a ser preenchida.



Registre o DOI corretamente


Um problema bastante comum: você cola a URL do DOI na seção indicada no momento de cadastrar um artigo e, no final do processo, o sistema informa que o DOI é inválido. Para que isso não aconteça, a solução é inserir apenas o número DOI, ou seja, a partir do “10.”, conforme se vê na imagem a seguir.





Cadastro de diferentes assinaturas


Vale alertar que o ideal é que você não use vários sobrenomes para assinar trabalhos. Isso dificulta o registro e a contagem das suas citações. Mas se você mudou o sobrenome devido a casamento ou divórcio, passou a assinar com dois sobrenomes e/ou atua em áreas distintas, sendo reconhecido/a por sobrenomes diferentes em cada uma delas, não há mistério.


No menu superior, clique em “Dados gerais” e, depois, em “Identificação”. No item “Nome em citações bibliográficas”, basta digitar sua nova assinatura (sobrenome + nome), de acordo com a imagem abaixo.





Salve a operação e, dali em diante, a nova assinatura vai aparecer entre as opções de autores durante o cadastro de artigos.


Importante: NÃO exclua o(s) sobrenome(s) anterior(es). Foi com ele(s) que você assinou suas publicações até então, ou seja, é por meio dele(s) que sua autoria será reconhecida.



Exportar currículo Lattes


Na lateral de ícones, clique em “Exportar”. Uma caixa vai se abrir, com as opções de arquivo RTF ou XML. Marque RTF para salvar o currículo em formato visível e editável na maioria dos processadores de texto. Depois disso, outra caixa vai aparecer, conforme a imagem a seguir.



Marque as configurações desejadas. Você pode, inclusive, selecionar manualmente quais itens deseja que apareçam no documento. Para isso, escolha a opção “Personalizado”, em “Modelo de currículo”. No final, clique em “Confirmar”. O download do arquivo RTF será feito automaticamente. Depois disso, você pode editá-lo em processadores de texto como Word (Windows) ou Writer (LibreOffice).


-----


Gostou desse artigo? Acompanhe o Nota de rodapé para mais dicas e informações.


Assine a newsletter e receba conteúdo exclusivo.

745 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo